TÓPICO ESPECIAL: ANCIÃO

I. Uso no AT

A. usado para os anjos de Deus constituem o conselho angélico (BDB 278, cf. Is 24.23). Esta mesma terminologia é usada para as criaturas angélicas de Apocalipse (cf. Ap. 4.4, 10; 5.5, 6, 8, 11, 14; 7.11, 13; 11.16; 14.3; 19.4).

B. usado para os líderes tribais no AT (cf. Êx 3.16; Nm 11.16). Depois no NT este termo é aplicado a um grupo de líderes de Jerusalém que constituía a alta corte dos judeus, o Sinédrio (cf. Mt 21.23; 26.57). Na época de Jesus esse corpo de setenta membros era controlado por um sacerdote corrupto (isto é, não a linha de Aaron, mas comprado dos senhores romanos).

II. Uso no NT.

A. usado para os líderes locais de uma igreja do NT. Era um dos três termos sinônimos (pastor, superintendente e ancião, cf. Tito 1.5, 7; Atos 20.17, 28). Pedro e João usam-no para incluírem-se no grupo de liderança (cf. I Pedro 5.1; II João 1; III João 1).

B. Existe um trocadilho com o termo ancião (presbuteros) em 1 Pedro 1.1 e 5. O termo é aparentemente usado como um título de liderança (cf. v. 1) e denominação de idade (cf. v. 5). O uso deste termo é surpreendente, considerando que é basicamente a designação tribal judaica de liderança, enquanto o "bispo" ou "supervisor" (episcopos) era a designação da cidade-estado grega para liderança. 1 Pedro usa termos judaicos para tratar os crentes Gentios.

Pedro chama a si mesmo um "companheiro ancião", o termo presbuteros somado à PREPOSIÇÃO syn, o que implica "participação conjunta com." Pedro não afirma sua autoridade apostólica (cf. 2 Jo 1, onde um outro Apóstolo autodenomina-se "ancião"), mas admoesta (ie, "Exorto," UM INDICATIVO PRESENTE ATIVO) os líderes locais para agir e viver de forma adequada à luz de

1. o exemplo de Cristo

2. proximidade do Seu retorno

As igrejas primitivas não remuneravam posições de liderança, mas reconheciam os dons dados por Deus de ministério e liderança dentro de cada igreja local. Esta afirmação da sobredotação teve que ser equilibrada com a reverência cultural para "envelhecer-sabedoria", especialmente entre a comunidade crente judia. Portanto, Pedro aborda os dois tipos de liderança.

Note também que "anciãos" é plural. Isto pode referir-se a (1) uma série de líderes de igrejas (At 20:17) ou (2) os diferentes dons espirituais entre um corpo de líderes (cf. Ef. 4:11), que afirma claramente que o ministério pertence a todos os crentes. Este é paralelo ao conceito de "um reino de sacerdotes" (cf. 1 Ped. 2: 5,9).

C. utilizado de homens mais velhos na igreja, não necessariamente a liderança (cf. 1 Tim 5: 1; Tito 2: 2.).



Copyright © 2014 Bible Lessons International