TÓPICO ESPECIAL: ARCA DA ALIANÇA

I. Seu lugar e propósito

A. o lugar onde YHWH habitava (i.e., escabelo dos Seus pés, cf. I Cr 28.2; Sl 132.7; Is 66.1) com o Seu povo, sobre a arca da aliança entre as asas dos querubins (veja Tópico Especial: Querubim)

B. o lugar do perdão do pecado (isto é, propiciatório), para todos os povos (cf. Israel, Levítico 16 e I Rs 8.27-30; estrangeiros, 8.41, 43, 60)

II. Seu conteúdo

A. tradição rabínica

1. as duas tábuas de pedra nas quais YHWH escreveu o decálogo (cf. Êx 31.18; 32.15, 16)

2. as duas colunas de prata que seguravam as tábuas (sem referências bíblicas)

3. os fragmentos das duas tábuas originais que foram quebradas por Moisés por causa da fabricação e adoração de Israel do bezerro de ouro (cf. Êx 32.19; Dt 9.17; 10.2)

4. uma cópia da Torá inteira (cf. Êx 25.16)

5. os nomes de Deus (cf. I Rs 8.29) desenvolvidos na Cabala, misticismo judaico

B. referências bíblicas quanto ao conteúdo (é incerto se estas se referem a coisas dentro da arca ou ao lado dela)

1. um vaso de maná (cf. Êx 16.31-36)

2. a vara de Arão que brotou (cf. Nm 17.4, 10; Hb 9.4)

3. a oferta da culpa dos filisteus (5 ratos de ouro e hemorróidas de ouro, cf. I Sm 6.3, 4, 8)

4. uma cópia do Decálogo (cf. Dt 10.4, 5; 31.26)

C. na dedicação do Templo de Salomão em Reis 8 diz-se da arca ter contido apenas as duas tábuas de pedra (i.e., as Dez Palavras, cf. I Rs 8.9)

III. Sua possível localização

A. Opções históricas

1. levada para o Egito por Sisaque (935-914 a.C.) quando ele invadiu Judá no quinto ano (926 a.C.) do reinado de Reoboão (filho de Salomão) (cf. I Rs 14.25, 26; II Cr 12.9).

2. levada para o egito (Zoã, Tânis, Avaris – nomes diferentes para a capital do delta de Seti I) pelo Faraó Neco II, que também exilou o descendente davídico Jeoacaz (filho de Josias) em 597 a.C. (cf. II Rs 23.31-35; II Cr 36.1-4)

3. levada para a Babilônia para o templo de Marduqe por Nabucodonozor II quando Zedequias foi exilado (586 a.C.) e o Templo queimado (cf. II Rs 25.9, 13-17; II Cr 36.18).

B. Tradições judaicas

1. escondida no Mt Nebo/Pisga por Jeremias antes da queda de Jerusalém (2 Mac. 2.4-5)

2. o livro apócrifo de II Baruque diz que um anjo a escondeu

3. escondida por um meio desconhecido, mas será retornada por Elias antes que o messias venha (cf. Ml 4.5)

4. escondida no Mt. Gerizim (Siquém) onde os samaritanos construíram o templo deles para YHWH

5. enterrada embaixo do templo (ou seja, o Monte Moriah) antes de Nabucodonosor capturar Jerusalém.



Copyright © 2014 Bible Lessons International