TÓPICO ESPECIAL: A PENA DE MORTE EM ISRAEL

O Israel Antigo devia refletir o caráter de YHWH ao mundo (cf. Gn 12.3; 22.18; Êx 19.5, 6). Quando a rebelião pactual intencional distorcia esse propósito missionário, sérias conseqüências se manifestavam (i.e., pena de morte).

O Pentateuco lista várias categorias:

1. pecados contra YHWH

a. práticas de adoração cananéias - Êx 22.18; Lv 20.2, 3, 27; Dt 18.10, 11

b. idolatria (hostes celestiais) – Êx 22.20; Dt 17.2-7

c. blasfêmia – Êx 22.28; Lv 24.15, 16

d. profecia falsa – Dt 13.1-11; 18.20-22

e. violações do Sabbath – Êx 31.14, 15; 35.2

2. pecados sexuais

a. incesto – Lv 20.11-21

b. fornicação – Lv 19.29; 21.19; Dt 22.13-21; 23.17, 18

c. adultério – Êx 20.14; Lv 20.10; Dt 22.23, 24

d. sodomia – Lv 18.22; 20.13

e. bestialidade – Êx 22.19; Lv 20.15, 16

3. violação dos regulamentos pactuais contra indivíduos israelitas

a. homicídio – Êx 20.13; 21.12-14; Lv 24.17; Nm 35.16-21; Dt 5.17

b. seqüestro (para vender) – Êx 21.16; Dt 24.7 e possivelmente Êx 20.15; Dt 5.19

c. rebelião contra os pais – Dt 21.18-21

d. falso testemunho

e. pegar despojos de guerra santa – Josué 7

Os métodos de execução também variavam.

1. apedrejamento – mais comum

2. queima – Gn 38.24; Lv 20.14; 21.9

3. enforcamento/empalamento – Dt 21.22, 23

4. espada – Dt 13.15

Exceção para casos especiais.

1. cidades de refúgio e julgamento subseqüente – Josué 20

2. investigações rigorosas de acusações – Dt 13.15; 17.4; 19.18

3. necessidade de duas testemunhas – Nm 35.36; Dt 17.6; 19.15

A pena de morte era para ser

1. uma maneira de purificar a terra – Dt 13.5; 17.12; 19.13, 19; 21.9, 21; 22.21, 22, 24; 24.7

2. um impedimento para outros – Dt 17.13; 19.20; 21.21

3. uma maneira de impedir violência do clã (i.e., nenhuma vingança pessoal, exceto conjunto de regulamentos para vingador de sangue) Veja Ancient Israel [Israel Antigo], vol. 1, pp. 147-163.



Copyright © 2014 Bible Lessons International