TÓPICO ESPECIAL: A ROTA DO ÊXODO (incerteza)

A. A localização de

1. as cidades egípcias

2. extensões de água

3. locais de acampamento hebreu primitivos são todos incertos.

B. O termo "Mar Vermelho" é literalmente Yam Suph, que

1. significa "mar de algas" ou "mar de juncos". Pode referir-se a água salgada, Jonas 2.5; I Rs 9.26 ou água doce, Êx 2.3; Is 19.26. A LXX primeiro traduziu-o como "Mar Vermelho", seguida pela Vulgata e depois pela Versão King James.

2. referia ao "mar ao sul" ou "mar no fim (da terra)". Poderia ter referido ao Mar Vermelho, Oceano Índico ou Golfo Pérsico modernos.

3. teve vários usos no AT (cf. Nm 33.8,10).

C. Há três rotas possíveis envolvendo três extensões de água diferentes:

1. Uma rota norte – esta era ao longo da costa mediterrânea, seguindo a estrada comercial conhecida como "a via dos Filisteus". Este teria sido o caminho mais curto para a Terra Prometia. A extensão de água que eles teriam encontrados teria sido uma das áreas rasas, pantanosas chamada: Lago Sirbonis ou Lago Menzalch. Contudo, você deve levar em conta Êx 13.17, que parece negar esta opção. Também a presença de fortalezas egípcias ao longo desta rota milita contra esta opção.

2. Uma rota central – esta envolveria os lagos centrais chamados

a. "Os Lagos Amargos"

b. "Lago Balá"

c. "Lago Timsah"

Esta teria também seguido uma rota de caravana pelo deserto de Sur.

3. Uma rota sul – esta envolveria a grande extensão de água salgada que nós chamamos o Mar Vermelho hoje. Havia também uma rota de caravana desta área que se unia com a "Estrada do Rei" (a estrada transjordaniana para Damasco) em Eziom-Geber.

a. militando contra isto está a ausência de juncos nesta extensão de água

b. apontando para isto é que I Rs 9.26 diz que Eziom-Geber fica no Yam-Suph. Este seria o Golfo de Ácaba ou parte do Mar Vermelho (cf. Nm 21.4; Dt 27; Jz 11.16; Jr 49.12).

4. Números 33 claramente mostra o problema. No v. 8a eles "passaram pelo meio do mar", então no v. 10 eles acamparam junto ao "Mar Vermelho", uma extensão diferente de água.

5. Qualquer extensão de água que foi atravessada, foi um milagre de Deus. Israel foi provido de armamento dos soldados egípcios mortos que boiaram ao lado deles da extensão de água, um outro milagre, Êx 14.30; 15.4, 5.

6. É possível de outra literatura que "o yam suph" fosse a extensão de água desconhecida, misteriosa ao sul. Em alguma literatura (Heródoto 1.180) o Oceano Índico ou a baía de Bengala é chamado "yam suph"."Suph" poderia ser a partir de uma raíz do hebraico para "final" e pode referir-se ao final do oceano conhecido Veja Bernard F. Batts, "Mar Vermelho ou Mar Vermelho O que Yum Sufe significa??"; Abordagens para a Bíblia, vol. 1, pp 291-304



Copyright © 2014 Bible Lessons International