TÓPICO ESPECIAL: CARNE (sarx)

Este termo é usado mais freqüentemente por Paulo em Gálatas e seu desenvolvimento teológico em Romanos. Os estudiosos diferem em como caracterizar as diferentes conotações do termo. Há certamente alguma sobreposição no termo. O seguinte é meramente é meramente uma tentativa de observar o amplo campo semântico do termo

A. corpo humano, João 1.14; Rm 2.28; I Co 5.5; 7.28; II Co 4.11; 7.5; 12.7; Gl 1.16; 2.16, 20; 4.13; Fp 1.22; Cl 1.22, 24; 2.5; I Tm 3.16

B. descendente humano, João 3.6; Rm 1.3; 4.1; 9.3, 5, 8; 11.14; I Co 10.18; Gl 4.23, 29

C. a pessoa humana, Rm 3.20; 7.5; 8.7, 8; I Co 1.29; II Co 10.3; Gl 2.16; 5.24

D. humanamente falando, João 8.15; I Co 1.26; II Co 1.12; 5.16; 10.2; Gl 6.12

E. fraqueza humana, Rm 6.19; 7.18; 8.5, 6, 9; II Co 10.4; Gl 3.3; 5.13, 16, 19-21; Cl 2.18

F. hostilidade dos seres humanos para com Deus, relacionada com as conseqüências da Queda, Rm 7.14; 13.14; I Co 3.1, 3; Ef 2.3; Cl 2.18; I Pe 2.11; I João 2.16

Deve ser enfatizado que "a carne" não é visto como mal no NT, como no pensamento grego. Para os filósofos gregos, "carne" era a fonte dos problemas humanos; a morte libertaria de sua influência. Mas, no NT, "carne" é o campo de batalha do conflito espiritual (cf. Ef. 6: 10-18), contudo é neutro. Pode-se usar o corpo físico para o bem ou o mal.



Copyright © 2014 Bible Lessons International