TÓPICO ESPECIAL: ESTA ERA E A ERA POR VIR

Os profetas do AT viram o futuro por uma extensão do presente. Para eles o futuro será uma restauração do Israel geográfico. Entretanto, até eles viram um novo dia (cf. Is 65.17; 66.22). Com a rejeição intencional continuada de YHWH pelos descendentes de Abraão (mesmo depois do exílio) um novo paradigma se desenvolveu na literatura apocalíptica judaica intertestamentária (i.e., I Enoque, IV Esdras, II Baruque). Estes escritos começaram a distinguir entre duas eras: uma era atual do mal dominada por Satanás e uma era vindoura de justiça dominada pelo Espírito e inaugurada pelo Messias (muitas vezes um guerreiro dinâmico).

Nesta área da teologia (escatologia) há um desenvolvimento óbvio. Os teólogos chamam isto "revelação progressiva”. O NT afirma esta nova realidade cósmica de duas eras (i.e., um dualismo temporal):

 

Jesus

Paulo

Hebreus

Mateus 12.32
Mateus 13.22, 39
Marcos 10.30
Lucas 16.8
Lucas 18.30
Lucas 20.34, 35

Romanos 12.2
I Co 1.20; 2.6, 8; 3.18
II Co 4.4
Gálatas 1.4
Ef 1.21; 2.2, 7; 6.12
I Timóteo 6.17
II Timóteo 4.10
Tito 2.12

1.2
6.5
11.3

Na teologia do NT estas duas eras judaicas têm sido sobrepostas por causa das previsões inesperadas e despercebidas das duas vindas do Messias. A encarnação de Jesus cumpriu a maioria das profecias do AT da inauguração da nova era (Dn 2.44, 45). Entretanto, o AT também viu Sua vinda como Juiz e Conquistador, contudo Ele veio primeiro como o Servo Sofredor (cf. Is 53; Zc 12.10), humilde e manso (cf. Zc 9.9). Ele retornará em poder exatamente como o AT previu (cf. Apocalipse 19). Este cumprimento de dois estágios fez o Reino ser presente (inaugurado), mas futuro (não plenamente consumado). Esta é a tensão do NT do já, mas ainda não!


Copyright © 2014 Bible Lessons International