TÓPICO ESPECIAL: REIS DA MESOPOTÂMIA

 

Lista provisória dos governantes e datas aproximadas:

1. 1354-1318 Asshur-Uballit I:

a. conquistou a cidade hitita de Carquêmis

b. começou a remover a influência hitita e permitiu a Assíria se desenvolver

2. 1297-1266 Adad-Nirari (rei poderoso)

3. 1265-1235 Salmaneser (rei poderoso)

4. 1234-1197 Tukulti-Ninurta I

– primeira conquista do império babilônico para o sul

5. 1118-1078 Tiglate-Pileser I

– Assíria se torna um poder importante na Mesopotâmia

6. 1012-972 Assur-Rabi II

7. 972-967 Ashur-Resh-Ishi II

8. 966-934 Tiglate-Pileser II

9. 934-912 Assur-Dan II

10. 912-890 Adad-Nirari II

11. 890-884 Tukulti-Ninurta II

12. 883-859 Assur-Nasir-Pal II

13. 859-824 Salmaneser III

Batalha de Carcar em 853

14. 824-811 Shamsi_Adad V

15. 811-783 Adad-Nirari III

16. 781-772 Salmaneser IV

17. 772-754 Assur-Dan III

18. 754-745 Assur-Nirari V

19. 745-727 Tiglate-Pileser III:

a. chamado pelo seu nome do trono babilônico, Pul, em II Reis 15.19

b. rei muito poderoso

c. iniciou a política de deportar povos conquistados

d. em 735 A.C. houve a formação da "Liga Siro-Efraimita" que foi uma tentativa para unificar todos os recursos militares disponíveis das nações transjordanianas das águas da cabeceira do Eufrates ao Egito para o propósito de neutralizar o poder militar crescente da Assíria. Rei Acaz de Judá recusa juntar-se e foi invadido por Israel e Síria. Ele escreveu para Tiglate-Pileser III por ajuda contra o conselho de Isaías (cf. II Rs 16; Is 7-12).

e. Em 732 Tiglate-Pileser III invade e conquista Síria e Israel e coloca um rei vassalo no trono de Israel, Oséias (732-722). Milhares de judeus do Reino do Norte foram exilados para Média (cf. II Reis 15).

20. 727-722 Salmaneser V

a. Oséias forma uma aliança com o Egito e é invadido pela Assíria (cf. II Reis 17)

b. sitiou Samaria em 724 A.C.

21. 722-705 Sargão II:

a. Depois de um sítio de três anos iniciado por Salmaneser V, seu sucessor Sargão II conquista a capital de Israel, Samaria. Mais de 27.000 são deportados para Média.

b. O império hitita é também conquistado.

c. Em 714-711 uma outra coalizão de nações transjordanianas e Egito se rebelou contra Assíria. Esta coalizão é conhecida como "a Rebelião de Asdode". Mesmo Ezequias de Judá originalmente foi envolvido. Assíria invadiu e destruiu várias cidades filistéias.

22. 705-681 Senaqueribe:

a. Em 705 uma outra coalizão de nações transjordanianas e Egito se rebelou depois da morte de Sargão II. Ezequias apoiou plenamente esta rebelião. Senaqueribe invadiu em 701. A rebelião foi esmagada mas Jerusalém foi poupada por um ato de Deus (cf.Is 36-39 e II Rs 18-19).

b. Senaqueribe também sufocou a rebelião em Elão e Babilônia.

23. 681-669 Esar-Hadom:

a. primeiro governante assírio a atacar e conquistar o Egito

b. tinha grande simpatia com a Babilônia e reconstruiu sua cidade capital

24. 669-663 Assurbanipal:

a. também chamado Osnapar em Esdras 4.10

b. Seu irmão Shamas-shum-ukim foi feito rei da Babilônia. Este trouxe vários anos de paz entre Assíria e Babilônia mas houve uma subcorrente de independência que irrompeu em 652 conduzida por seu irmão.

c. queda de Tebas, 663 A.C.

d. derrotou Elão 653, 645 A.C.

25. 633-629 Asshur-Etil-Ilani

26. 629-612 Sin-Shar-Ishkun

27. 612-609 Assur-Uballit II:

– entronizado rei no exílio em Harã depois da queda de Assur em 614 A.C. e Nínive em 612 A.C.