TÓPICO ESPECIAL: O REINO DE DEUS

 

No AT YHWH era imaginado como o Rei de Israel (cf. I Sm 8.7; Sl 10.16; 24.7-9; 29.10; 44.4; 89.18; 95.3; Is 43.15; 44.4, 6) e o Messias como o rei ideal (cf. Sl 2.6; Is 9.6, 7; 11.1-5). Com o nascimento de Jesus em Belém (6-4 A.C.) o reino de Deus irrompeu na história humana com poder e redenção novos (nova aliança, cf. Jr 31.31-34; Ez 36.27-36).

1. João Batista proclamou a proximidade do reino (cf. Mt 3.2; Marcos 1.15).

2. Jesus claramente ensinou que o reino estava presente nEle mesmo e Seus ensinos (cf. Mt 4.17, 23; 9.35; 10.7; 11.11, 12; 12.28; 16.19; Marcos 12.34; Lucas 10.9, 11; 11.20; 12.31, 32; 16.16; 17.21). Contudo o reino é também futuro (cf. Mt 16.28; 24.14; 26.29; Marcos 9.1; Lucas 21.31; 22.16, 18).

Nos paralelos Sinóticos em Marcos e Lucas, nós encontramos a frase, "o reino de Deus". Este tópico comum dos ensinos de Jesus envolvia o reinado presente de Deus nos corações do ser humano, que um dia será consumado sobre toda a terra. Isto é refletido na oração de Jesus em Mt 6.10. Mateus, escrito para os judeus, preferiu a frase que não usava o nome de Deus (Reino dos Céus), enquanto Marcos e Lucas, escrevendo para os gentios, usaram a designação comum, empregando o nome da divindade.

Esta é uma frase tão chave nos Evangelhos Sinóticos. O primeiro e o último sermão de Jesus, e a maioria das Suas parábolas, trataram deste tópico. Refere-se ao reinado de Deus nos corações humanos agora! É surpreendente que João use esta frase apenas duas vezes (e nunca nas parábolas de Jesus). No evangelho de João "vida eterna" é uma metáfora-chave.

A tensão com esta frase é causada pelas duas vindas de Cristo. O AT focou apenas em uma das duas vindas do Messias de Deus – uma vinda militar, de julgamento, gloriosa – mas o NT mostra que Ele veio a primeira vez como o Servo Sofredor de Is 53 e o rei humilde de Zc 9.9. As duas eras judaicas (veja o Tópico Especial: Este Era e a Era por vir), a era da iniqüidade e a nova era de justiça, se sobrepõem. Jesus atualmente reina nos corações dos crentes, mas um dia reinará sobre toda a criação. Ele virá como o AT previu (cf. Apo. 19)! Os crentes vivem "o já" versus "o ainda não" do reino de Deus (cf. Entendes O Que Lês? de Gordon D. Fee e Douglas Stuart, pp. 175-178).